www.amitec.com.br

Aplicações do Amido

Sobre o Amido de Mandioca (Fonte Abam) O amido de mandioca, também conhecido como fécula, polvilho doce ou goma, é um pó fino, branco, inodoro, insípido e produz ligeira crepitação quando comprimido entre os dedos.

É um polissacarídeo natural, da família química dos carboidratos, constituído de cadeias lineares (amilose) e cadeias ramificadas (amilopectina) e obtido através das raízes de mandioca devidamente limpas, descascadas, trituradas, desintegradas, purificadas, peneiradas, centrifugadas, concentradas, desidratadas e secadas.

É extremanente versátil e alcança uma eficiência incomparável em todas as suas aplicações.

UtilizaçãoÉ habitualmente utilizado como componente nos mais variados segmentos domésticos e industriais, ressaltando-se:

- Setor alimentício Na forma in natura, com o amido de mandioca se faz : Pães de queijo, pré-misturas para pão de queijo, biscoitos, bolos, tortas, pudins, sequilhos, cremes, confeitos, achocolatados, copinho tipo casquinha de sorvete, melhoradores panificáveis, embutidos frigorificados, espessantes, como ingrediente melhorador calórico e funcional, etc...

No caso do pão francês, é possível adicionar até 10% de fécula, enquanto na massa de pães de hamburguer e cachorro quente pode-se adicionar até 15%.

A receita de pão sem glúten, baseado na fécula de mandioca, atende o mercado dos celíacos (pessoas que possuem sensibilidade ao glúten do trigo).

Existem ainda receitas de massa para pizza e massa de macarrão onde se utiliza a fécula (amido) de mandioca.

Há os amidos pré-gelatinizados, de onde se faz sobremesas instantâneas, como o sagu, e outros.

Ainda na forma "in natura", se faz goma arábica e outras formas de goma ("cola para outdoors").

Na forma de "amidos modificados", produz-se xarope de glicose (usado como ingredientes de conforto, evita a cristalização do açúcar quando em temperatura ambiente) além de outras aplicações, glucoses, dextrinas, obtenção de sorbitol, manitol, alguns tipos de polímeros, bebidas energéticas.

Além disso, os modificados são aplicados onde se deseja modificar características de cozimento, diminuir retrogradação, reduzir tendência das pastas em formarem géis, aumentar a estabilidade das pastas ao resfriamento e congelamento, aumentar a transparência das pastas ou géis, melhorar textura, melhorar formação de filmes, aumentar poder de adesividade, aumentar o poder emulsificante, adicionar características hidrofóbica, etc...

- Setor químico
Medicamentos, como veículo para formulação de remédios e comprimidos, sabão e detergentes, pasta dental, adesivos, tintas e vernizes, clareamento de papel, explosivos, etc...

Outras aplicações: plásticos bio-degradáveis, revestimentos bio-degradáveis para conservação de verduras (tomate principalmente), fluido para prospecção petrolífera, indústria siderúrgica, têxtil, indústria de celulose, etc...

Álcool de mandioca, se faz Álcool para indústria farmacêutica, perfurmaria, desinfetantes, bebidas, combustível...

 

Nossos Produtos